O conceito de liberdade e suas implicações políticas. Notas sobre Sidney, Locke e a tradição republicana - Normandie Université Access content directly
Journal Articles Cadernos Espinosanos Year : 2018

Le concept de liberté et ses implications politiques. Notes sur Sidney, Locke et la tradition républicaine

O conceito de liberdade e suas implicações políticas. Notas sobre Sidney, Locke e a tradição republicana

Abstract

Neste artigo o autor relaciona os pensamentos políticos de Locke e Sidney para defender que Locke não pode ser inserido na tradição republicana da qual os escritos de Sidney fazem parte. Isto porque: 1) inexiste na teoria política lockeana uma visão de que a virtude cívica seja o suporte para instituições livres, tal como existe na referida tradição evocada por Sidney; 2) Locke reconhece o fundamento constitucional da prerrogativa do rei, o que para os republicanos, Sidney entre eles, é incompatível com a liberdade; 3) Locke retrata um povo excessivamente cordato e permissivo com o uso do poder por parte do governante, e também pouco disposto ao exercício do direito de resistência. Diferentemente, Sidney recorre à história para defender que os povos livres revelam as qualidades necessárias para conduzir essa resistência, já que o reconhecimento de que o governo de si mesmo e a resistência à tirania é uma questão de dignidade do homem como ser de liberdade.
Fichier principal
Vignette du fichier
144129-Texto do artigo-298531-1-10-20180629.pdf (578.54 Ko) Télécharger le fichier
Origin Publication funded by an institution
Loading...

Dates and versions

hal-01915698 , version 1 (14-02-2019)

Identifiers

  • HAL Id : hal-01915698 , version 1

Cite

Christopher Hamel. O conceito de liberdade e suas implicações políticas. Notas sobre Sidney, Locke e a tradição republicana. Cadernos Espinosanos, 2018, 38, pp.127-150. ⟨hal-01915698⟩
38 View
22 Download

Share

Gmail Mastodon Facebook X LinkedIn More